Microfranquias São Boas Opções De Investimento

O que é a abdominoplastia? Abdominoplastia é uma operação plástica consumada pra retirar o excesso de pele, gordura localizada e recuperar a firmeza dos músculos da região do abdome. Esse procedimento também consegue remover as estrias localizadas pela região, porque há a remoção de pele. Outros nomes: Dermolipectomia de abdômen e plástica de abdômen. A abdominoplastia não pode ser ponderada como um tratamento à obesidade ou uma escolha pra substituir uma alimentação saudável e a prática de exercícios físicos. Candidatos à abdominoplastia necessitam ser saudáveis e relativamente em forma, em tão alto grau mulheres, quanto homens.

Em geral, a abdominoplastia é bastante requisitada por mulheres que tiveram múltiplas gestações, pessoas que geneticamente possuem acúmulo de gordura na localidade da barriga ou quem teve perda substancial de peso. O que esses pacientes têm em comum é o desenvolvimento de flacidez da pele, depósitos de gordura e estrias pela localidade da barriga. Além da diástase dos músculos reto abdominais, principal indicação dessa cirurgia.

Além da abdominoplastia comum, existe a miniabdominoplastia, que tem uma extensão pequeno e deste modo recebe este nome. Ela retira acúmulos de gordura e pele somente da região inferior da barriga, convertendo numa cicatriz pequeno. Tanto a abdominoplastia quanto a miniabdominoplastia conseguem ser associadas à lipoaspiração pra melhores resultados e para um melhor contorno corporal. Como tem êxito a operação de abdominoplastia? O cirurgião plástico vai avaliar o abdômen do paciente, verificando a quantidade e a localização dos acúmulos de gordura, exagero de pele ou diástase dos músculos do abdômen. A primeira é horizontal na localidade logo acima dos pelos pubianos que se estende até próximo dos quadris, levemente curvada para cima.

  • Você sente empatia
  • Priligy Quanto Costa Matvole
  • 9 de novembro de 2013 às 11:35
  • Como reduzir de peso Da Barriga

A extensão dessa incisão e a maneira variam conforme a quantidade de pele a ser removida. É feita uma marcação em elipse, em que a primeira incisão se faz pela fração inferior. Não tem incisão vertical. De acordo com a elipse marcada é que se faz a retirada da pele. A segunda incisão é feita pela vertical, finalizando em redor do umbigo, por onde os excessos de pele da quota superior do abdômen são separados das partes profundas.

Aqui se faz um descolamento subcutâneo expondo os bordos da musculatura do reto abdominal. Nesse instante os músculos abdominais são suturados pra que se tornem mais enérgicos, o que irá propiciar uma barriga mais plano e uma cintura mais estabelecida. Essa pele em excesso é esticada para pequeno pra que seja removida e é feito um orifício para recolocar o umbigo em sua localização de origem.

Após a cirurgia, são colocados drenos de aspiração no abdômen, para impossibilitar o acúmulo de líquidos na região abdominal. Esses drenos são inseridos pela cota inferior da barriga, próximo ao púbis, permitindo que a cicatriz seja disfarçada entre os pelos pubianos, no entanto não é sempre que são necessários. Normalmente os pacientes têm o dreno retirado no dia da cirurgia ou eles podem ser liberados para casa com os drenos, que são de fácil manuseio. Os drenos só causam aflição no instante da retirada, que poderá ser feita na clínica do cirurgião.